Sons of Anarchy – 4×11 Call of Duty e 4×12 Burnt and Purged Away

Por: em 27 de novembro de 2011
Colunas:
Séries: Sons of Anarchy

Todas as tramas andam, algumas mais, outras menos, e a forma como cada acontecimento reflete nos outros arcos é incrível. Adoro Sons of Anarchy desde a o início, mas essa temporada, em especial, vai indo em um ritmo que já superou todas as outras antes mesmo de terminar. Nesses dois episódios é marcante a atuação de Ryan Hurst, que interpreta Opie. É incrível como ele conseguiu mostrar toda a raiva, o desespero e a vontade de vingança de seu personagem sobre a pessoa que destruiu sua família, matando as duas pessoas mais importantes de sua vida.

4×11 Call of Duty

Episódio muito bem trabalhado em todas as cenas, mas que garantiu seu lugar dentre os melhores da série graças as cenas finais de Opie, encontrando seu pai morto e sabendo de toda a verdade sobre a morte dele pelas palavras de Unser. Finalmente, Unser foi capaz de arquitetar algo sozinho, sem obedecer cegamente a Gemma, tentando garantir que Clay pague por seus crimes. Opie reluta em acreditar. É possível que ele consiga viver sabendo de tudo isso sem matar Clay? Eu duvido.

Sobre os fatos que Unser contou a Opie, eu temo mais pelo que ele não contou. Isso porque, ao que parece para Opie agora, Jax sabia de tudo e estava o tempo todo protegendo Clay. Além disso, Opie sabe que Gemma queria apontar a morte de Piney para Lobo Sonora, tentando inocentar Clay. Dois fatos que não passarão ilesos na vingança dele. Se Unser tivesse contado sobre as cartas, Opie saberia que Jax é tão vitima das loucuras de Clay quanto ele.

Otto negocia com Lincoln e pretende entregar verdades sobre o clube. A cena da conversa entre Otto e Lincoln foi linda. Otto é um personagem muito rico e que tem muita história de SAMCRO a contar. Uma pena que ele morra logo, mas apenas o fato dele conseguir um pouco mais de liberdade para Lenny já nos garante que os planos dele não se limitam aos pedidos que fez a Lincoln, já que Lenny era o Sgt. At Arms na época de John Teller. Com a colaboração de Otto, não há dúvida que vários Sons vão presos até o final dessa temporada. Sobre o fato de Bobby, Tig e Opie terem matado o assassino de Luann, não acho que a essa altura isso faria Otto mudar de idéia.

A situação de Juice se resolve com uma simples conversa de poucos minutos com Chibs. É claro que alguém com uma visão mais abrangente interpretaria essa questão de uma forma menos radical. O que me preocupa é que mesmo sabendo disso, Juice segue dando ‘check in’ e se ele segue fazendo isso, provavelmente também vai informar Lincoln sobre o que sabe do encontro com os Irlandeses. Não bastasse o campo minado, desse episódio, onde mais um integrante de SAMCRO morre, ficamos sabendo que o clube usou armas que não deveriam ser usadas – regras claramente especificadas pelos Irlandeses. Lobo Sonora foi massacrado, depois de explodir Sons, Mayans e integrantes do Galindo, agora é saber como vai ser a relação do cartel com o IRA.

Gemma não faz escândalo sobre sua briga com Clay, ela espera calmamente, e deixa que cada um crie suas conclusões ao ver o casal machucado. Tig conclui o óbvio, e decide retirar seu patch de Sgt. At Arms, deixando Clay cada vez mais afastado de todos em SAMCRO. Clay mexeu com a pessoa errada. Gemma é muito mais poderosa dentro do clube do que ele pode imaginar. Eu acredito que, depois de desafiar a sorte tantas vezes e matar tantos integrantes de Sons of Anarchy, Clay vá ter o fim que merece. Só resta saber se isso vai ser logo, ou só no fim da série.

A visita de Wendy, mãe biológica de Abel, não poderia acontecer em pior hora. Não bastasse o momento de insegurança que Tara está vivendo por causa da possível perda de movimentos da sua mão e por consequência, perda da sua profissão, ela ainda precisa lidar com o fantasma da ex de Jax, querendo tirar um de seus filhos. É incrível como apenas a inserção da ‘junkie horn’ – apelidada carinhosamente por Gemma – pode ser a gota d’água para acabar com o auto-controle de Tara. Até porque, com tudo o que vêm acontecendo ao clube, graças ao envolvimento com o cartel, certamente a guarda de Abel não seria mais de Jax, caso Wendy a quisesse.

4×12 Burnt and Purged Away

Os acontecimentos fluem em Sons of Anarchy com uma velocidade cada vez maior. Irish Kings estão em Charming, indignados com a ligação de SAMCRO com o cartel. Depois de saber de tanto sangue derramado dentro de Sons of Anarchy (SAMTAZ e SAMCRO), Mayans e Niners, os irlandeses temem que essa ligação com o cartel acabe por exterminar todos os grupos que compram armas deles. Preocupação que faz muito sentido. Não bastasse esse desconforto dos irlandeses sobre os negócios com o Galindo Cartel, alguns membros de SAMCRO são chamados pelos irlandeses para fazer a segurança do grupo em uma Baby Factory. Todo episódio tem tiroteio, briga, morte, porque não teria nesse? Jax enlouquece ao ver aquelas dúzias de crianças chorando, e não é pra menos. Acabou relembrando todo sofrimento pelo sequestro de Abel.

Senti muito medo quando Clay foi ao hospital e ficou sozinho com Tara. Ele diz que só quer as cartas, e que tendo as cartas, pretende ajudar na saída de Jax do clube e de Charming. Apesar disso, Clay deixa claro com Romero que ainda deseja a morte de Tara. Um novo atentado a ela ainda pode acontecer nessa temporada. Essas cenas em que ele ameaça Tara me deixam muito indignada. Basta que ela fale a Jax sobre isso, mas parece que todas as mulheres de Sons of Anarchy só pensam em poupa-lo.

Jax procura por Wendy e deixa claro para ela que não importa o que ela faça, porque ele vai embora de Charming e vai levar sua família junto. Wendy acaba sendo um catalisador na tentativa de saída dele, o problema é que outros fatores estarão em jogo. Jax também chama Bobby e Clay para uma conversinha sobre quem vai ser o futuro presidente quando ele se afastar. Jax teme pela instabilidade de Opie, e depois de saber da morte de Piney, vai temer mais ainda. É claro que com Bobby e Juice presos, toda essa negociação vai por água abaixo.

Opie tenta tirar a verdade de Gemma, mas ela segue protegendo Clay. Gemma não consegue ficar contra Clay. Fiquei com a impressão de que Gemma mudou de idéia sobre ele quando percebeu a má vontade de Tara quanto a poupar Jax. Parece que de uma hora pra outra os planos de Clay se tornaram magicamente convenientes para Gemma. Tanto que ela muda de idéia e tenta proteger Clay de Opie, ao saber que Unser contou a verdade sobre a morte de Piney. Achei bom que Unser não mais obedeça a Gemma, porque ficou claro que ela ainda acha que pode salvar Clay depois de tudo que ele fez. Ao menos alguém sabe de tudo o que ele tem feito.

Só eu sei o quanto amei assistir Opie dar aquele tiro no pneu da moto de Jax e sair correndo em direção a clubhouse. Todos os meus sonhos foram se tornando realidade ao ouvir ele dizendo: “You’re gonna die at the gavel” para Clay e atirando, sem ligar para a mira de Jax. Com Clay alertado por Gemma sobre a vontade de vingança de Opie, acho muito provável que ele estivesse usando um colete a prova de balas, mas isso só o episódio do dia 29 vai confirmar.

Com Clay morto (ou baleado), Bobby e Juice presos, os irlandeses se encontrando com os mexicanos do cartel, Opie desgovernado querendo vingança, será que Jax terá coragem de abandonar SAMCRO?

P.S.: Tive que rir quando Clay pergunta a Tig onde estão todos e ele responde: “(…) And Miles and Kozik are dead“. Alfinetada indispensável.

Deixe seu comentário

4 comentários, seja o próximo.

  1. Lau disse:

    O tiro do Opie foi no ombro do Clay. Não entendi porque ele fez isso…
    A “saida” mais provável é que eles peçam ajuda à Tara agora que ela saiu do hospital. Só fico imaginando a reação dela, apesar de não achar que ela se negue ao socorro.
    Antes eu achava que não tinha absolutamente nenhuma possibilidade do Clay sair vivo dessa temporada, mas agora não duvido de mais nada…

    27 de novembro de 2011 às 22:32
    • Bruna Antunes disse:

      Vi 3x a cena, e vi um tiro bem no meio do peito do Clay.
      A Tara não tem como operar só com a mão esquerda. Acho impossível que chamem ela. O Chibs tem “formação médica” acho que ele é que vai tentar fazer alguma coisa. Isso se o Opie não contar tudo pra ele antes.
      Se o Opie, a Gemma e o Unser ficarem quietos e a Tara não fizer nada com as cartas, ele vai sair ileso sim. O que é uma grande sacanagem. =/
      No Hamlet o Claudius morre pelas mãos do principe, e o cara que seria o Opie (melhor amigo, mensageiro) apenas avisa a ele onde o claudius vai estar pra ele poder matar. Eles foram tão fiéis em algumas coisas que eu acredito que nisso tbm serão.

      28 de novembro de 2011 às 12:12
  2. Mayara Sanpe disse:

    NEM RESPIREI… COMO AGUENTAR ESTES DOIS ÚLTIMOS =o

    28 de novembro de 2011 às 08:01